quem sou?

Minha foto
Cigarros e café, calmo e agressivo que acaba empaticamente apático. No inverno se sente bem e olhando para o oceano sabe que nada mal pode acontecer.

quinta-feira, 28 de abril de 2011

formol 40%

Tinha alguma coisa no café, o leite não se misturou, a cor não variou e ele me bebeu.
Agora estou no planeta terra onde a água predomina, é uma realidade terrível....ressaca de café

segunda-feira, 18 de abril de 2011

Estou apaixonado

Bom, eu a conheci não lembro quando nem em qual lugar, apenas sinto como se ela fosse minha alma gêmea, preenchendo um vazio que nunca soube dizer o que era.
Perfeita e tempestuosa como uma chuva de verão, ela é o que me mantém vivo, respirando e caminhando.

Meu furacão particular.
A cortejei talvez no momento em que nasci, a mesma idade, o mesmo dia, o mesmo signo, o mesmo segundo. Não consigo mais viver sem ela.
Minha doce e linda......... Loucura

sexta-feira, 8 de abril de 2011

aproveite o marrom

As regras sociais, as leis sociais, as convenções sociais, isso tudo é uma MERDA.
A MERDA é que estou no meio de toda essa MERDA.
Enterrado até o pescoço em MERDA.
Não há sentido algum, não há sentido em nada.
E o rio de MERDA continua subindo.
E a unica coisa que você pode fazer é esperar a MERDA subir.
E ela sobe à cabeça.
Alguns gostam, mergulham nessa MERDA, se esbanjam nela.
Eu detesto, não é meu estilo.
Fico parado, imóvel totalmente, no meio da MERDA, sentindo pena de todos que adoram a MERDA, sentindo o cheiro de toda essa MERDA.
Um grande rio de MERDA.
As pessoas em geral são, nada mais e nada menos que milho no meio da MERDA.
Eu sou um cisto de ameba.

segunda-feira, 4 de abril de 2011

Pirotecnia digestiva

Ninguém quer queimar sob um céu sem estrelas ou flutuar numa canção num dia quente de verão,
recomendo arriscar sempre mais,
porque senão... ainda pode acabar se afogando em um mar inteiro que não tem sal.